Agora na
ulbra tv

Matéria de Capa

Próxima atração

Roda Viva

Notícias

Notícias

Caçadora exibe girafa como troféu e causa polêmica na internet


Chamada até de Neandertal, norte-americana apresentou imagem de animal morto na África do Sul durante caçada

Uma norte-americana causou rebuliço na última semana nas redes sociais. A jovem Tess Thompson Talley postou imagens de uma girafa negra, animal considerado raro, que ela abateu durante uma caçada na África do Sul, em 2017, mas que decidiu divulgar somente agora, e foi muito criticada. O jornal sul-africano AfricLand Post chegou a chamar a caçadora de “Neandertal”. O animal abatido tinha 18 anos e pesava 1.8 mil quilos.

Após a polêmica, a mulher divulgou um e-mail para a rede Fox News em que tentou se explicar. “A raça não é rara de maneira nenhuma e além disso, o animal era muito velho. As girafas escurecem com a idade”, disse. Talley ainda disse que outros espécimes mais jovens não conseguiam se reproduzir, pois eram atrapalhados pelo mais velho abatido. Vale lembrar que a caça é permitida na África do Sul.

Os números da população de girafas assustam. Segunda a União Internacional para a Conservação da Natureza, estudos mostram que nos últimos 30 anos, ela caiu cerca de 40%. A caça é um dos motivos dessa diminuição, embora a causa principal seja o crescimento de vida humana em seus habitats.

Crédito da foto: Divulgação

Voltar para lista de notícias
EMISSORA
AFILIADA

publicidade

Newsletter Ulbra TV

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades e promoções em primeira mão.

publicidade